10º FESTIVAL NACIONAL DA CULTURA: Niassa preparada para acolher o evento

em CULTURA/DESTAQUES/SOCIEDADE por

Por: António João

Niassa é a Província eleita para acolher, em junho próximo a fase nacional do 10.º Festival Nacional da Cultura.

São artistas de todo País que vão representar em diversas áreas como a dança, música tradicional, teatro, poesia, humor, canto coral, exposições de artes plásticas, fotografia, cinema, artesanato, bebidas tradicionais, gastronomia, moda, bem como palestras e lançamento de livros e discos.

O governador de Niassa Arlindo Chilundo ficou satisfeito no último sábado com o ritmo de preparação, após ter assistido os ensaios do bailado que será apresentado na cerimónia de abertura e encerramento do X Festival Nacional da Cultura, no qual referiu que os ensaios contam o percurso da história de Niassa e sem dúvida esta festa será a melhor de todos os tempos. “gostei de ver os ensaios, tudo porque reporta a historia da nossa província de  Niassa incluindo também a conservação de recursos naturais sobre tudo a reserva do Niassa onde demostra a caça furtiva, a fauna, invasão colonial entre outros que certamente será a melhor edição de todos os tempos ” Disse.

Igualmente o chefe do executivo do Niassa Arlindo Chilundo convidou os agentes económicos, as direções distritais, e a população em geral para redobrar esforços e se envolverem com responsabilidade nos preparativos com vista o reforço da unidade nacional, paz e o desenvolvimento do País. “ Queremos apelar a população da província de Niassa, os agentes económicos da província e do Pais para se envolver com governo na divulgação deste evento e apoiar as actividades que vão decorrer para que a festa seja de sucesso” apelou Chilundo.

Por seu turno o director provincial da Cultura e Turismo do Niassa, Matias Chapungo, avançou que neste momento o Governo está empenhado na preparação dos espaços que vão acolher as actividades do festival, desde as cerimónias de abertura e de encerramento, até aos espectáculos com vista a responder à demanda e oferecer as melhores condições aos participantes do evento, entre artistas, dirigentes, turistas e outros interessados.

Leia:  Preparação do Vodacom MFW atinge 70 por cento

Segundo Chapungo em relação ao alojamento dos participantes disse tratar-se de um desafio mas acredita que estão criadas as condições que vão abrigar as delegações nos locais de acomodação, “ as nossas equipas de trabalhos estão empenhados nessa preparação em função daquilo que é o nosso potencial em termos de alojamento, já foi acautelado, fizemos um trabalho de mapeamento e vamos actualizando ao longo da preparação do evento para que a fase nacional decorra sem sobre saltos e acreditamos que estão criadas as condições”. Garantiu Chapungo

Entretanto a coreografa da comissão do bailado Pérola Jaime considera que um dos objetivos do festival para Niassa é vender e promover a imagem do percurso da história da província de Niassa desde o antigamente até a actualidade, e demonstrar o vasto e ricos recursos naturais na maior reserva do país assim como a atrair mais turistas, investidores e outros. “ Começamos por exibir aquilo que Niassa é,    uma parte estamos amostrar a reserva do Niassa, lago Niassa, depois vem  o casamento da rainha Chivangela porque este festival destaca a mulher, invasão colonial, escravatura do povo moçambicano, rito de iniciação e a construção da mapa de moçambique  e no fim do Niassa, como as principais demostrações que vão abrilhantar na abertura do evento. Concluiu Pérola

Refira-se que no sábado, 26 de Maio, Niassa acolheu a fase provincial do festival, onde 467 artistas competiram em várias expressões de arte e cultura, nomeadamente: Música ligeira, dança tradicional, teatro, gastronomia, livro, disco, artesanato, canto coral, e outras onde foram apurados 75 artistas da província.

Deixe a sua opinião

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.