LIBERDADE & INDEPENDÊNCIA

TÁXI-CICLISMO: CMCQ exige licenciamento da actividade

TÁXI-CICLISMO: CMCQ exige licenciamento da actividade

em DESTAQUES/SOCIEDADE por

O Conselho Municipal de Quelimane, através do Comando da Policia Municipal emitiu um comunicado que obriga a todos os táxi-ciclistas que exercem a sua actividade na autarquia de Quelimane a licenciarem os seus veículos sob pena de incorrerem a infrações puníveis nos termos do código da postura municipal.

Óscar Ferreira falava em exclusivo está segunda-feira ao Jornal Txopela sobre a nova directiva que deverá ter o seu início no próximo mês de Maio como fez saber ao público o Conselho Municipal.

A medida segundo a PM visa principalmente retirar de circulação táxi-ciclistas que não tem conhecimento sobre o código de estradas das ruas e avenidas da cidade, dado que, tem vindo a criar diversos acidentes de viação que vitimam vidas humanas ao longo dos últimos anos.

“Os táxi-ciclistas deverão pagar uma taxa de 250 meticais e serão atribuídos uma chapa de matrícula, devendo imediatamente ingressar na Escola de condução municipal para dominar os códigos de estrada ” – Óscar Ferreira.

A PM informa ainda que findo o prazo estipulado que termina neste mês, a corporação em actividades coordenadas com outras forças paramilitares vai levar a cabo uma operação com vista a remover das ruas todas as bicicletas não licenciadas para a actividade de táxi-ciclismo das ruas da urbe.

Leia:  Manuel de Araújo resisti ao decreto do CM: "Vou continuar a dirigir"

Deixe a sua opinião

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »
Ir para topo