LIBERDADE & INDEPENDÊNCIA

Inspeção do trabalho suspende actividades de 7 empresas na Beira

em DESTAQUES/POLITICA por

O Ministério do Trabalho, Emprego e Segurança Social, através da Delegação Provincial da Inspecção Geral do Trabalho de Sofala, realizou várias actividades inspectivas em cumprimento das suas atribuições, tendo interpelado 113 empresas, com um total de 2917 trabalhadores dos quais 88 de nacionalidade estrangeira, onde apurou que 08 foram admitidos ilegalmente.

A brigada da inspecção suspendeu as actividades de 07 empresas, nomeadamente ANF-Construções, Rivas Madeira, CAM Construções, News Pid, Ser Moz, Shong Xiong Madeira e SunLine, porque as instalações onde funcionam apresentam um perigo iminente para a vida, saúde e segurança dos trabalhadores, uma vez que não disponibilizaram aos seus trabalhadores, meios de protecção individual contra acidentes de trabalho e doenças profissionais.

Na sequência destas infracções, foram lavrados 27 autos de notícia e 51 autos de advertência.

Destaca-se também 10 empresas, nomeadamente TG Pescas Lda, PG Marine Lda, Carnes da Beira, TM Turismos Indústria Hoteleira, Plásticos perfeitos, Petroda Moçambique, SO Protecção, Cimentos da Beira, Transportes Carlos Mesquita e Unicar, pelo cumprimento das normas laborais vigentes no país, estas empresas observam as normas laborais no que concerne a criação de melhores condições de trabalho e protecção dos seus trabalhadores, tendo sido abrangido um total de 584 trabalhadores.

Leia:  Ministra do Trabalho concede tolerância de ponto para amanhã

Deixe a sua opinião

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »
Ir para topo
WhatsApp chat