LIBERDADE & INDEPENDÊNCIA

Inhassunge

Inhassunge: As desigualdades que podem levar ao extremismo

em DESTAQUES/EDITORIAL/OPINIÃO por

Em 1 hora  tempo é possível deslocar-se da capital provincial da Zambézia , Quelimane à Inhassunge distrito banhado a Este pelo oceano Indico. O exercício desta viagem é faseado, a primeira etapa compreende empoleirar-se no batelão com opressivos problemas mecânicos e em terra firme em Recamba, as opções de transporte por via terrestre não são as mais seguras. Os mediáticos “My love” governam as estradas que avançado estado de degradação e que possibilitam a ocorrência de inúmeros acidentes de viação. Em Mucupia, sede do distrito de Inhassunge a primeira impressão é demolidora, uma circunscrição parada no tempo e relegada ao esquecimento profundo.

Não há opções para o alojamento condigno, locais de passar refeições saudáveis, as infraestruturas sociais revelam o quão profundo o Governo da Zambézia  coloca na cauda este distrito com características de apenas uma localidade do 2 grau. Nenhum servidor publico com destaque para professores, enfermeiros pernoita em Inhassunge, e quando questionados a justificação é imediata “não há condições para viver aqui, prefiro submeter-se todos os dias ao martírio de ir e vir”.

Nestes termos e muitos outros que traremos nas próximas edições deste Jornal que lançamos um apelo ao Governo para os perigos de um desenvolvimento provincial que deixa de fora certas circunscrições/ populações e aumenta a desigualdade.

É urgente a construção de uma sociedade justa e includente, para chegar a este objectivo o Governo deve apostar em instituições sólidas e que respondam as reais necessidades e inquietudes da população.

Distritos como Inhassunge ou piores podem beneficiar de um desenvolvimento sustentável e inclusivo, há que estar atento as reações populares sob pena de desprezar-se os riscos sociais, políticos e ambientais da desigualdade.

O desenvolvimento que exclui parte da população pode ser socialmente corrosivo. Pode contribuir com o crime e alimentar uma sensação de desesperança e alienação, condições que, por sua vez, podem alimentar o extremismo. Além disso, a desigualdade pode minar a democracia

Leia:  QUELIMANE: Justiça pelas próprias mãos ganha terreno

Deixe a sua opinião

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »
Ir para topo
WhatsApp chat