PROTECÇÃO DA INFRA-ESTRUTURA VERDE: Técnicos do CMCQ formados em matéria de mudanças climáticas

/

Joana Cuambe

Policia Municipal de Quelimane 1 300x201 - PROTECÇÃO DA INFRA-ESTRUTURA VERDE:  Técnicos do CMCQ formados em matéria de mudanças climáticas

Quelimane (Txopela) – A sala magna do Conselho Municipal da Cidade de Quelimane, foi palco nos dias 08 e 09 do mês em curso de uma formação em matéria de gestão ambiental para fortalecer as capacidades na gestão ambiental urbana e redução dos riscos climáticos.

Ministrada pelos Técnicos do Departamento de Gestão Ambiental da Direcção Provincial de Terra, Ambiente e Desenvolvimento Rural da Zambézia, a formação abrangeu Agentes da Polícia Municipal, Vereadores e Técnicos daquela instituição.

Entretanto, o Autarca de Quelimane, Manuel de Araújo, disse nas notas de abertura do evento que a resiliência e prontidão às calamidades naturais são um desafio que devem merecer atenção de todos a olhar pelos impactos negativos das mudanças climáticas ao nível da circunscrição.

Para o edil de Quelimane, é responsabilidade de todos os polícias e demais intervenientes a participar activamente na advocacia contra desmandos ambientais.

“Chamamos a todos para participar nesta epopeia e luta sem tréguas no combate às cheias, seca, ciclones, o corte desenfreado do mangal, que constitui um grande crime ambiental, pois, o mangal garante a cobertura vegetal ou seja, a infra-estrutura verde da cidade”, – exortou.

De acordo com Manuel de Araújo, é tarefa de todos que o mangal continue a desempenhar um papel importante como por exemplo, servir de hospedeiro de crustáceos e mariscos que por ali buscam o seu habitat para a multiplicação.

A fonte avança que uma outra função do mangal que importa mencionar é a filtração das águas negras, protegendo assim o rio dos bons sinais, para que este não se polua, colocando em risco a vida dos mariscos, crustáceos e sobretudo, colocando em risco a saúde pública. O papel do mangal estende-se para a protecção da cidade contra a erosão e intrusão salina, daí o engajamento de todos na sua protecção, referiu.

Refira-se que a formação inseriu-se no âmbito do compromisso do Governo na busca de soluções que permitam o desenvolvimento sustentável do meio ambiente, que é inclusive, um compromisso de índole internacional. Mudanças climáticas, erosão dos solos e gestão de áreas verdes, são temas que mereceram destaque.

 

Deixe a sua opinião

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Default thumbnail
Notícia Anterior

Silvério dos Anjos envolvido no desvio de fundos?

Default thumbnail
Próxima Notícia

SE DEUS ESTIVESSE NA TERRA!

Recente deDESTAQUES

Translate »
WhatsApp chat