TDM realizou feira de saúde em Inhambane

em DESTAQUES/SAÚDE por

Feira_de_Saúde_1A empresa Telecomunicações de Moçambique (TDM, SA) promoveu, recentemente, na cidade de Inhambane, província de Inhambane, uma Feira de Saúde, com o objectivo de promover a saúde física e mental dos seus colaboradores, em particular, e do público, em geral. Esta acção inseriu-se no quadro das acções de Responsabilidade Social levadas a cabo pela empresa.

O evento, sob o lema “Um Compromisso Social pela Promoção da Saúde no Local de Trabalho,” contou com o apoio técnico da Direcção Provincial de Saúde de Inhambane e teve como palco a Praça da Marinha, no centro da cidade de Inhambane, antecedido de uma marcha ao longo dalgumas ruas da urbe.

Na feira, marcada pela promoção de diversas actividades físicas, com destaque para a ginástica aeróbica, foram igualmente realizados testes de cancro da mama, tuberculose, malária, glicemia/diabetes, HIV-Sida, medição de tensão arterial, colesterol e cálculo do índice de massa corporal.

Do rol das acções desenvolvidas consta também a divulgação e sensibilização sobre a importância da nutrição para a saúde, a necessidade de doação de sangue, o aconselhamento e testagem em saúde.

A feira consistiu, igualmente, em exposições de artesanato e de produtos agrícolas e contou, pela primeira vez, com a participação da Autoridade Tributária de Moçambique, que aproveitou a oportunidade para efectuar a popularização do impostos e emissão de NUITs.

Em representação do Governo provincial, a directora Provincial dos Transportes e Comunicações, Acissa Ibraimo, aproveitou a ocasião para enaltecer a importância da realização da actividade física na melhoria da qualidade de vida dos cidadãos.

Para o presidente do Conselho de Administração, Virgílio Ferrão, a realização da Feira de Saúde constitui uma das formas, através da qual a empresa procura partilhar e materializar um dos seus mais importantes compromissos sociais, que é o de contribuir para a melhoria da condição de vida e de saúde das pessoas.

Leia:  Por demérito, Mambas vêm o sonho do CAN 2019 adiado

“Esta acção, certamente, vai contribuir para despertar à atenção que cada um de nós deve ter para com a sua saúde, particularmente no que se refere às doenças que se manifestam de forma silenciosa, não deixando, muitas vezes, tempo para reagir, nomeadamente diabetes, cancro da mama, tuberculose, glicemia, tensão arterial, o HIV, dentre outras”, concluiu.

 

Deixe a sua opinião

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.