Jornalista da Rádio Moçambique é brutalmente espancado em Quelimane

/

O jornalista da Rádio Moçambique,  Emissor Provincial da Zambezia, Gil Borges Namelo foi “brutalmente espancado” na manha desta quinta-feira, na Av. Liberdade próximo ao bar Lisboa em Quelimane. Denunciou hoje, Zito do Rosário Ossumane, Director da área de Comunicação e imagem do Conselho Municipal de Quelimane.

O espancamento, diz o jornalista, deu-se esta quinta-feira de manhã, quando o jornalista se dirigia à sede da Rádio Moçambique para a sua habitual rotina laboral, altura em que foi “espancado barbaramente, em plena via pública, por pessoas que se acredita terem sido enviadas para este propósito”.

O Jornalista encontra-se fora de perigo e a recuperar dos ferimentos graves, entretanto ao que sabe até ao momento ainda não houve nenhum pronunciamento oficial da estação e nem do Sindicato de Jornalistas da Zambezia.

O caso foi presenciado por agentes da polícia da república de Moçambique no local e que segundo fontes do Semanário Txopela não quiseram prestar o apoio devido ao jornalista. O Conselho Municipal de Quelimane de Quelimane já reagiu através do sector que superintende a área da comunicação, aquela entidade, repudia, com veemência, todo o tipo de agressão a qualquer cidadão, em especial ao profissional da imprensa no exercício de sua actividade, e pede às autoridades a identificação e punição dos responsáveis.”

 

Deixe a sua opinião

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Default thumbnail
Notícia Anterior

Autarcas moçambicanos no Sétimo Fórum Global sobre Resiliência Urbana

Default thumbnail
Próxima Notícia

HCB anuncia plano de restrições na produção de energia face à fraca afluência de água na albufeira

Recente deDESTAQUES

Translate »
WhatsApp chat