Jornalista da Rádio Moçambique é brutalmente espancado em Quelimane

em DESTAQUES/SOCIEDADE por

O jornalista da Rádio Moçambique,  Emissor Provincial da Zambezia, Gil Borges Namelo foi “brutalmente espancado” na manha desta quinta-feira, na Av. Liberdade próximo ao bar Lisboa em Quelimane. Denunciou hoje, Zito do Rosário Ossumane, Director da área de Comunicação e imagem do Conselho Municipal de Quelimane.

O espancamento, diz o jornalista, deu-se esta quinta-feira de manhã, quando o jornalista se dirigia à sede da Rádio Moçambique para a sua habitual rotina laboral, altura em que foi “espancado barbaramente, em plena via pública, por pessoas que se acredita terem sido enviadas para este propósito”.

O Jornalista encontra-se fora de perigo e a recuperar dos ferimentos graves, entretanto ao que sabe até ao momento ainda não houve nenhum pronunciamento oficial da estação e nem do Sindicato de Jornalistas da Zambezia.

O caso foi presenciado por agentes da polícia da república de Moçambique no local e que segundo fontes do Semanário Txopela não quiseram prestar o apoio devido ao jornalista. O Conselho Municipal de Quelimane de Quelimane já reagiu através do sector que superintende a área da comunicação, aquela entidade, repudia, com veemência, todo o tipo de agressão a qualquer cidadão, em especial ao profissional da imprensa no exercício de sua actividade, e pede às autoridades a identificação e punição dos responsáveis.”

 

Leia:  PT apreende 58 motorizadas em Quelimane

Deixe a sua opinião

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.