Quatro mil livros para escolas do País

//////////

Quatro mil livros escolares de diversos subsistemas de ensino serão distribuídos em dez escolas de todas as províncias do País com vista reforçar a capacidade de material didáctico nos estabelecimentos de ensino, anunciou esta semana, em Maputo, o Ministro da Educação e Desenvolvimento Humano, Jorge Ferrão.

Os livros foram ofertados pelo Club dos amigos da Educação. Na ocasião, o Ministro do pelouro reconheceu a necessidade de se multiplicarem esforços junto de parceiros visando incrementar a capacidade de material escolar uma das condições fundamentais para melhoria da qualidade de ensino.

O apoio vai suprir alguma carência de livros nas escolas embora urja necessidade de ampliar ainda mais o acervo bibliográficos nas escolas moçambicanas.

Os professores por exemplo debatem-se com insuficiência de manuais de ensino, mobiliário escolar e outras ferramentas importantes de transferência dos conhecimentos aos alunos.

O titular da Pasta de Educação e Desenvolvimento Humano reconheceu que a qualidade do ensino primário do sector privado é melhor se comparado com o publico.

Na sua visão, as escolas privadas prestam maior atenção, dedicação ao aluno e as ferramentas técnicas de ensino são mais encorajadora do que as condições encontradas no mesmo subsistema de ensino, no sector público.

Jorge Ferrão defende que a aposta na educação e Desenvolvimento do capital humano deve ser a peca chave para o progresso intelectual e socioeconómico do País. Contudo, trabalhos estão em curso no sentido de ir melhorando gradualmente a qualidade de ensino público. (REDACÇÃO)

Deixe a sua opinião

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Default thumbnail
Notícia Anterior

Daviz Simango: Pede transparência e seriedade na divida pública

Default thumbnail
Próxima Notícia

Governador da Zambézia quer servidores públicos “desligados” da corrupção

Recente deCULTURA

Intruso Voador

A debilidade luminosa era por conta do crepúsculo vespertino por isso muitos aldeãos regressavam de seus

Batuque de Lamas!!

O velho acordou e dobrou seu cachimbo… Farlai ficou entre lagrimas e fumo dos deuses… Nossas

Deus de África!!

  Também é branco por isso as vezes o achamos estrangeiro Manipula a nossa mente e

Translate »
WhatsApp chat