Sector da cultura e turismo na Zambézia defende um carnaval com valores locais

em DESTAQUES/SOCIEDADE por

Decorre de 02 à 11 de Fevereiro na capital provincial da Zambézia mais uma edição do festival carnavalesco. O Carnaval de Quelimane é parte integrante da história sócio-cultural do povo Zambéziano, e o seu epicentro é a Cidade Quelimane. A cerimónia de carnaval decorre desde sexta-feira, dia 2 de Fevereiro, na praça da juventude, defronte do Edifício do Sector da Cultura e Turismo e Indústria e Comércio.

Hélder Falso, representante do sector da Cultura e Turismo neste evento, refere que ainda verifica-se muita coreografia brasileira, havendo, por isso, necessidade de inserção de ritmos e danças locais, como por exemplo o Nhambarro, Hibhondo entre outras.

Falso acrescentou que tudo isso depende da vontade dos organizadores do evento, começando por actualizar o regulamento do evento para acrescentar o ponto das danças locais.

O carnaval deste ano junta vários grupos de dança, munícipes, turistas nacionais e estrangeiros que estão na Zambézia para assistir o melhor carnaval de Moçambique. Serão duas semanas de muita samba no pé.

Leia:  PRM baleia mortalmente duas pessoas e pede serenidade a população

Deixe uma resposta