LIBERDADE & INDEPENDÊNCIA

EVENTOS CLIMÁTICOS EXTREMOS: ZAMBÉZIA EM ALERTA!

em DESTAQUES/GRANDE REPORTAGEM/SOCIEDADE por

O Instituto Nacional de Gestão de Calamidades ao nível da Província central da Zambézia garante que estão mobilizados recursos para fazer face a qualquer situação de ocorrência de eventos climáticos extremos. A garantia foi dada pela respectiva delegada provincial, Maria Luciano a dias falando aos órgãos de comunicação social em Quelimane.

“Na província da Zambézia, regista-se chuvas em alguns distritos, mas ainda sem danos a lamentar. Estamos na época chuvosa é normal que esteja a cair chuva em alguns distritos com alguma intensidade, é o caso de Morrumbala, Luabo, Namacurra ”.

Maria Luciano explica que até ao momento não se regista a subida do nível do caudal do rio Licungo em Mocuba ”ainda está numa situação controlável, estamos ainda em 4, como sabem o nosso número de alerta é de 6”.

A fonte explica que neste momento todos os comités de emergência encontram-se activados, em trabalhos de monitoria nas zonas de risco, sensibilização da população para o abandono de áreas susceptíveis a inundações “temos informação que algumas famílias começam a sair de forma voluntária das zonas de risco para áreas de reassentamento ” .

Um total de 4 embarcações movidas a motor foram despachadas para igual número de distritos a destacar: Morrumbala, Namacurra Maganja da Costa e Pebane. O INGC na Zambézia possui actualmente no seu armazém um total de 120 toneladas de arroz para além de tendas e material de higiene num apoio do Governo central, segundo explicou aos Jornalistas a delegada do INGC na Zambézia.

Danos da época Chuvosa

Desde Outubro de 2017, inicio da época chuvosa o INGC explica que mais de 500 famílias foram afectadas directamente, casas destruídas por ventos fortes e cinco óbitos registados, dos quais três por arrastamento de correntes de água em Morrumbala, um em Chinde por desabamento de casa e o outro em Milange por descarga atmosférica. Ainda no balanço dos prejuízos amealhados Maria Luciano, refere que 5 salas de aulas foram destruídas totalmente mas acautela que estes eventos estão ligados a época chuvosa, não com a depressão tropical, um evento climático previsto pelo Instituto de Meteorologia de Moçambique.

Leia:  Zambézia: Acidentes de viação ceifam duas vidas

O plano de contingência do INGC na Zambézia esta orçado em 26 milhões de meticais. Mas acautela-se de que tudo depende da realidade no terreno. Conquanto o INGC aguarda a alocação dos fundos nos próximos dias.

Ir para topo