LIBERDADE & INDEPENDÊNCIA

Novas instalações da Ímpar Inauguradas em Nacala-Porto

Novas instalações da Ímpar Inauguradas em Nacala-Porto

em DESTAQUES/ECONOMIA/SOCIEDADE por
IMPAR-FOTO-NACALA-PORTO-IMG-20171214-WA0030-300x169 Novas instalações da Ímpar Inauguradas em Nacala-Porto
Novas instalações da Ímpar
Inauguradas em Nacala-Porto

A Impar inaugurou no dia 14 de Dezembro de 2017 na cidade de Nacala- Porto, província de Nampula as suas novas instalações, com o objectivo de servir cada vez mais e melhor os seus clientes reforçando a sua posição como parceiro no sector segurador com quem os Clientes particulares e empresários nacionais e estrangeiros sediados em Nacala podem contar.
O primeiro balcão da ÍMPAR foi aberto naquela cidade no dia 1 de Dezembro de 1996, tendo a Seguradora registado um acentuado crescimento das suas operações comerciais ao longo dos anos. Esta cidade é um importante pólo económico de Moçambique, através do seu porto de águas profundas. De assinalar que é pelo porto de Nacala que está a ser exportado o carvão de Moatize, transportado até ali por via férrea.
Participaram na cerimónia de inauguração o Administrador do Distrito, Fernando Doda Mozobingua, o Presidente do Município, Rui Chong Saw, e outras individualidades locais, parceiros e clientes. A Seguradora ÍMPAR fez-se representar pelo Administrador Sr. Curratilaine Remane, para além de outros quadros superiores da empresa.
A abertura das novas instalações acontece no ano em que a Seguradora ÍMPAR completa 25 anos da sua existência e tendo recentemente sido galardoada com o prémio de Melhor Empresa de Moçambique entre as 100 Maiores Empresas do país, em resultado de um estudo efectuado pela KPMG.
Também em 2017, a Global Credit Rating (GCR) atribuiu à Seguradora Ímpar o rating AA-, a mais alta notação financeira conferida a uma empresa nacional por aquela instituição internacional, comprovando a robustez, qualidade de gestão e a vasta experiência no mercado segurador nacional

Leia:  Centro de Saúde de Coalane: Pessoal de saúde acusado de cobranças ilícitas
Ir para topo