Tiroteio em Las Vegas mata mais de 50 pessoas no ataque de armas mais mortal dos EUA

em ECONOMIA por

Quelimane (Txopela) — Mais de 50 pessoas foram mortas e cerca de 400 feridos em um festival de música country ao ar livre em Las Vegas, no mais maciço tiroteio de massa na história dos EUA.

Terror se espalhou pela famosa cidade de Las Vegas, quando o pistoleiro Stephen Paddock, de 64 anos,  lançou um ataque do 32º andar do Mandalay Bay Hotel and Casino, descarregando centenas de munições de um cachimbo de armas para espectadores do concerto.

A polícia confirmou que o atacante matou se quando uma equipe de SWAT da polícia explodiu o quarto do hotel de onde ele desbaratou fogo rápido na multidão por vários minutos.

Descrito como um “lobo solitário” que morava em uma remota aldeia, o motivo do atacante é desconhecido, mas a polícia acredita que ele actuou sozinho.  A polícia de Las Vegas disse que os oficiais encontraram mais de 10 armas no quarto do hotel do atacante depois de entrar para descobrir que ele havia se suicidado.

O tiroteio decorreu ao final do festival de três dias, enquanto o Jason Aldean, cantor de música country americana, cantava no palco.

 https://g1.globo.com/mundo/noticia/estado-islamico-reivindica-ataque-em-las-vegas.ghtml

 

Leia:  BIM apoia a reconstrução da Feira de Actividades Económicas em Quelimane