LIBERDADE & INDEPENDÊNCIA

“Há presidentes dos municípios que estão todo momento fora das suas cidades” — Paulino Lenço

em DESTAQUES/POLITICA por

DSC0066-300x201 “Há presidentes dos municípios que estão todo momento fora das suas cidades” — Paulino LençoQuelimane (Txopela) – Numa altura em que se vislumbra um esforço acrescido da administração de Manuel de Araújo em requalificar e construir algumas obras com destaque para bibliotecas e sanitários públicos, avançar com trabalhos de asfaltagem de algumas ruas tidas como problemáticas sob ponto de vista de transitabilidade neste segundo semestre de 2017 ao nível da autarquia de Quelimane. O partido Frelimo através do respectivo 1º Secretario do Comité Provincial na Zambézia volta a acusar o autarca de desleixar as agendas prioritárias para os munícipes e estar empenhado em realizar viagens ao estrangeiro.

Falando há jornalistas recentemente no distrito autárquico de Milange local que acolheu um encontro restrito daquela formação politica com vista a avaliação dos planos de governação dos municípios sob sua gestão, o numero 1 da província ao nível daquela formação politica teceu duras criticas ao edil de Quelimane, Manuel de Araújo que segundo suas próprias palavras “há edis que ficam todo o momento fora da cidade, não vivem aquilo que é a realidade do povo”.

Questionado se tal facto era decisivo para que a preferência popular nos próximos pleitos muda-se, o nosso interlocutor respondeu nos seguintes termos “o povo vai decidir e nos acreditamos e confiamos que a Frelimo é que tem agenda do povo e esse povo vai decidir no dia das eleições autárquicas”.

Na medida em que vai se a aproximando o derradeiro momento para a realização dos escrutínios autárquicos em Quelimane também crescem as vozes principalmente no seio do partido Frelimo que se opõe as viagens do edil de Quelimane Manuel de Araújo. Lenço vaticina que os edis eleitos sob auspício do partido Frelimo são comprometidos com as agendas e o programa de governação que apresentaram ao povo, auscultam os problemas e encontram soluções.

Leia:  "Queremos colocar Quelimane no mapa-mundo" - Manuel de Araújo
Ir para topo