EDM agrava pela segunda vez o preço de energia

em DESTAQUES/SOCIEDADE por

Quelimane (Txopela) — Os clientes da energia eléctrica fornecida pela Electricidade de Moçambique, passam a partir desta terça-feira (15) a apagar mais 1.81 meticais mais caro por cada kilowatt/hora informou a empresa em comunicado de imprensa enviado aos órgãos de informação.

Em menos de um ano, a EDM agravou novamente as tarifas dos consumidores domésticos que são a maioria. A partir desta terça-feira, os clientes do sistema pré-pago de compra de energia (CREDELEC) vão despender 6.95 meticais por kilowatt/hora, contra os 5,14 meticais em vigor há 10 meses. Justificando o brusco agravamento num comunicado posto a circular esta segunda-feira, a EDM refere os aumentos visam harmonizar o preço de venda de energia aos custos de compra.

Leia:  Uso de TIC para a circulação de conteúdos para a boa governação reúne jornalistas comunitários na Zambézia