LIBERDADE & INDEPENDÊNCIA

Desmascarados 18 falsos professores na Zambézia

em DESTAQUES/EDUCAÇÃO por

DSC_0058-300x201 Desmascarados 18 falsos professores na Zambézia

Quelimane (Txopela) — Há um ambiente de cortar a respiração nos últimos dias no sector da Educação na Zambézia, pelo menos 18 falsos professores foram detectados e os órgãos da administração da justiça nesta parcela do País mostram-se implacáveis.

O Tribunal Administrativo da Província da Zambézia detectou a existência no Aparelho de Estado de 18 falsos professores que lecionavam nos distritos da província.

O Jornal Txopela apurou de fontes oficiais de que tais “professores” já encontravam-se a leccionar e a auferir salários na função pública, estes teriam apresentado durante a sua contratação certificados de habilitações literárias falsos, documentos forjados no Instituto de Formação de Professores de Quelimane como se tivessem frequentando a formação de docência naquele estabelecimento de ensino quando na verdade nem foram inscritos.

Uma coordenação multi-sectorial de órgãos do Estado culminou com a rescisão dos contractos dos 18 falsos professores, a Procuradoria Provincial esta a investigar o caso para submeter ao Tribunal Judicial de Quelimane para julgamento, os órgãos da administração da justiça tencionam saber como foi possível a aquisição de tais certificados e os funcionários envolvidos ao nível do Instituto de Formação de Professores para posteriores procedimentos administrativos e criminais.

Leia:  Jogos Desportivos Escolares lançados este sábado em Quelimane
Ir para topo