1° de Maio de Quelimane não participou na AG por falta de dinheiro

em DESPORTO/DESTAQUES por

O Clube  1.º de Maio de Quelimane, atraves do seu Presidente Zeca Sande, disse que clube que dirige não se fez presente, no passado sábado, na Assembleia-geral da Liga Moçambicana de Futebol por falta de meios para se deslocar a Maputo. Sande, em entrevista ao “RM Desporto”, disse ainda que havia recebido garantias de alguns parceiros para viajar a Maputo, mas o apoio não chegou. “O clube 1.º de Maio de Quelimane não tinha dinheiro para os seus dirigentes viajarem a Maputo. Não comunicamos antecipadamente, porque tinha garantias de algumas instituições para mandatarmos um delegado para participar na assembleia”, justificou Zeca Sande, que foi eleito presidente do 1.º de Maio de Quelimane em Dezembro de 2016.

De recordar que Zeca Sande tomou posse como presidente do 1.º de Maio de Quelimane no passado dia 29 de Janeiro, em substituição de David Reis. Recorde-se que, durante a sua investidura, Zeca Sande apelou a todos os amantes do futebol na Zambézia e não só a apoiarem o clube para que o mesmo consiga manter-se no primeiro escalão do futebol moçambicano.

Leia:  LAM acusada de extravio de bens de clientes