Rio Licungo é de risco alto

em DESTAQUES/SOCIEDADE por
  • Consideram autoridades do INGC

Quelimane (Txopela) – O Rio Licungo na província da Zambézia é considerado pelas autoridades do Instituto Nacional Gestão e Calamidades (INGC) como sendo aquele que possui um risco alto e essa situação por si só constitui uma preocupação.

Risco alto porquê? “Licungo é um rio aberto, sem nenhuma infra-estrutura que pode barrar as águas e quando chove intensamente a parte norte na Zambézia, toda água é escoada para zona do Nanti, Namacurra e sobretudo para o próprio Rio Licungo”, – disse a delegada do INGC, para depois acrescentar que quando se fala de risco alto, a preocupação aumenta. Maria Madalena delegada do Instituto Nacional de Gestão e Calamidades na Zambézia que avançou a informação em entrevista ao Jornal Txopela, explicou que estes conhecimentos devem permitir a que as populações sejam mais vigilantes e sobretudo cautelosas numa altura como esta em que aguarda-se por chuvas normais com tendência para acima do normal.

Como desafios, aquela dirigente avançou ser necessário que haja mecanismos para que as calamidades sejam geridas a nível dos distritos e só depois quando a situação realmente justificar solicitar-se apoio da província, regional e ou do âmbito central e para efeito já estão sendo formados comités de gestão de riscos a nível local.

Aquela dirigente recordou o triste cenário que se viveu em princípios de 2015 cujas “feridas” ainda não cicatrizaram, como sendo um ponto reflexão e sobretudo de motivação para que tudo seja feito de modo que não haja situações que apanhem as pessoas desprecavidas. (Redacção)

 

Leia:  Guerra de palavras: Deve a expressão continuar livre? — Jessemusse Cacinda