Fátima Mendonça vence Prémio José Craveirinha de Literatura

em CULTURA/DESTAQUES por

fatima-mendocaO Prémio de literatura José Craveirinha foi atribuído em 2016 à ensaísta e estudiosa moçambicana Maria de Fátima Mendonça. O galardão vai ser entregue na sexta-feira, dia 11 de Novembro de 2016, no Centro Cultural da Hidroeléctrica de Cahora Bassa, SA, na Vila do Songo, durante a abertura ao público da 5ª. Feira do Livro do Songo.

Maria de Fátima Mendonça foi durante muitos anos Professora da Faculdade de Letras e Ciências Sociais da Universidade Eduardo Mondlane. A atribuição do Prémio de Literatura José Craveirinha fica-se a dever ao inquestionável contributo de Maria de Fátima Mendonça para o desenvolvimento da Literatura moçambicana, através da formação de profissionais, docentes, críticos e prestigiados estudiosos e ensaístas da actualidade.

A entrega do Prémio vai ser efectuada pelo Presidente do Conselho de Administração da Hidroeléctrica de Cahora Bassa, Dr. Pedro Couto, durante a inauguração da 5ª Feira do Livro do Songo. A Feira do Livro do Songo é um evento anual é tem vindo a ser realizado no quadro das comemorações dos aniversários da reversão da Hidroeléctrica de Cahora Bassa, SA para o Estado moçambicano. A Feira do Livro do Songo conta com a participação do Fundo Bibliográfico da Língua Portuguesa e de vários editores livreiros estabelecidos no nosso País. Estarão em exposição cerca de quatro milhares de títulos de conceituados autores nacionais e estrangeiros, sobretudo os da língua portuguesa. O Prémio de Literatura José Craveirinha foi instituído há mais de uma década pela Hidroeléctrica da Cahora Bassa, SA em parceria com a Associação de Escritores Moçambicanos (AEMO). Este prémio tem sido atribuído a escritores moçambicanos, visando homenagear o contributo de autores consagrados no panorama literário nacional. O Prémio, um dos mais prestigiantes de África, corresponde a um total pecuniário correspondente em moeda nacional a 25 mil mil dólares americanos.

Leia:  Até já Grande Niassa

O prémio homenageia o escritor José Craveirinha (1922-2003), sendo que já foram laureados os escritores Paulina Chiziane, Armando Artur, Eduardo White, João Paulo Borges Coelho, Ungulani Ba Ka Khosa, Aldino Muianga, Calane da Silva, Lília Momplé e Luís Bernardo Honwana.