Braço-de-ferro na ESG. Patrice Lumumba em Quelimane

em DESTAQUES/SOCIEDADE por

• Professores exigem a demissão de Descanso Ernesto, actual director da Escola

•Dirige a instituição como se fosse empresa privada e pessoal, refere o abaixado assinado com cerca de 52 assinaturas

img_5783
Comunicação de marcação de manifestação para o dia 31.10.2016

Quelimane (Txopela) – Um grupo de funcionários afectos a Escola Secundaria Patrice Lumumba em Quelimane, emitiu um abaixo-assinado onde exigem de forma imediata a cessão de funções do actual director daquela instituição de ensino, segundo o documento na posse do Semanário Txopela, os professores e demais colaboradores daquela instituição revelam insatisfação pela gestão danosa exercida por Descanso Ernesto.

Pesam acusações de: Discrepância no pagamento de salários, despedimento de professores sem justa causa, exclusão de alguns funcionários nas actividades sem motivos justificáveis, dirigente autoritário, não escuta a opinião, não deixa os colegas exercerem as suas funções à vontade, fazendo a instituição como se fosse empresa privada e pessoal. Lê-se no documento em alusão.

“A sua arrogância levou a afirmar em plena Assembleia-geral que ele nasceu para dirigir e outros para serem dirigidos, palavras estas, que ofenderam a maioria”. Acrescenta “Nos funcionários desta instituição, pedimos a retirada imediata deste quadro, pois, ele é um arrogante, autoritário e caduco devendo deixar a instituição livre de Nepotismo, e Desrespeito aos funcionários sob pena de comprometer aspectos pedagógicos e políticos”.

Refira-se que Descanso Ernesto já ocupou a pasta de Director da Escola Secundária 25 de Setembro em Quelimane e a sua exoneração do cargo inspirou-se nos mesmos comportamentos com destaque para a perseguição de colegas.

O Jornal Txopela vai fazer acompanhamento minucioso deste assunto. (Redacção)

Leia:  Desmascarados 18 falsos professores na Zambézia