“Bolas para os distritos”: promessa cumprida

em DESPORTO/DESTAQUES por

Entrega_simbólica_das_bolasO Ministério da Juventude e Desportos procedeu, esta segunda-feira, no distrito de Boane, província de Maputo, à entrega simbólica de bolas de basquetebol, futebol e voleibol à Escola Secundária Nelson Mandela, num acto que marcou o lançamento do projecto “Bolas para os Distritos”, patrocinado pela mcel-Moçambique Celular.

Trata-se da implementação do memorando de entendimento celebrado, em Maio, passado, entre a operadora pública de telefonia móvel e o Ministério, visando a revitalização e massificação do desporto no seio dos adolescentes e jovens no País.

No total, a mcel vai fornecer, ao longo de dois anos, quatro mil bolas aos núcleos desportivos escolares e comunitários indicados pelo Ministério da Juventude e Desportos, sendo 2 mil de futebol, mil de basquetebol e outras mil de voleibol.

A adesão a este programa, conforme referiu Cláudio Chiche, administrador Comercial da mcel, no acto do lançamento do projecto, insere-se nas acções de responsabilidade social corporativa que a operadora tem vindo a desenvolver e representa mais um compromisso, com vista a contribuir para a massificação do desporto moçambicano.

“Estamos certos que esta acção vai trazer a médio e longo prazos resultados positivos para o desporto no País, razão pela qual renovamos o nosso compromisso em continuar a colaborar com o sector, com a finalidade de consolidar as práticas desportivas e também para que a marca mcel seja identificada por este compromisso nas nossas comunidades”, indicou Cláudio Chiche.

Intervindo, igualmente, na ocasião, Alberto Nkutumula, ministro da Juventude e Desportos, sustentou que “se é na escola e na saúde e noutras áreas sociais que a meta do Governo é de reduzir a distância entre estes serviços e a população, nós também, na área desportiva, devemos lutar para que a prática desportiva seja mais acessível à população”.

Para que isso aconteça, segundo argumentou o governante, a questão da massificação desportiva não deve ser um mero exercício de retórica, mas sim uma bandeira da nossa acção governativa, que deve, acima de tudo, ser de actos concretos para o alcance desses objectivos e massificar o desporto na sua verdadeira plenitude.

Leia:  Zambézia: Armas de fogo continuam em mãos alheias: Cidadãos estão vulneráveis

“A entrega simbólica de bolas à Escola Secundária Nelson Mandela, em Boane, pode ser entendida agora como um pequeno passo, mas, por outro lado, que não haja dúvidas de que o mesmo constitui um acto decisivo para a materialização deste grande sonho”, disse, acrescentando que “a distribuição de bolas, no âmbito deste projecto, beneficiará milhares de jovens, dentre os quais poderão nascer atletas que sejam capazes de elevar o nível de competitividade desportiva e dignificar o País internacionalmente”.