MENSAGEM DE CONDOLÊNCIAS

em DESTAQUES por

Foi com profunda dor e consternação que o Conselho Editorial do Semanário Txopela, tomou o conhecimento da trágica notícia do desaparecimento físico do colega, irmão, amigo e jornalista Felisberto Achar, ocorrido na manha desta quinta-feira (12 de Maio de 2016) no Hospital rural de Mocuba.

 

Felisberto Achar, notabilizou-se no jornalismo moçambicano tem ao longo da sua carreira trabalhado no jornal Diário de Moçambique onde desempenhou as funções de correspondente a partir da Cidade de Quelimane, Jornal Ononam@is, tendo de seguida ingressado na Nova Rádio Paz e a Rádio Comunitária de Namacurra onde prevaleceu até a data da sua morte.

 

Neste momento de luto e pesar, a direcção deste órgão de comunicação social endereça a família enlutada as mais sentidas condolências e que a alma do malogrado descanse em Paz.

 

A Direcção

Zito do Rosario Ossumane

Leia:  Discussão entre vizinhas termina em tragédia