“É necessário desarmar a Renamo”-Alcinda de Abreu.

em CULTURA/DESPORTO/DESTAQUES/ECONOMIA/EDITORIAL/EDUCAÇÃO/GRANDE REPORTAGEM/OPINIÃO/POLITICA/SAÚDE/SOCIEDADE por

Alcinda-2-300x200 “É necessário desarmar a Renamo”-Alcinda de Abreu.A Chefe da Brigada Central do partido Frelimo de assistência a Província de Manica Alcinda de Abreu defende a necessidade de desarmamento imediato da Renamo para o alcance da paz no País.

Alcinda de Abreu falava adias num comício popular em Vanduzi, Província de Manica.

“É necessário desarmar a Renamo para continuarmos a trabalhar em paz, circular a vontade, sem medo de sermos atacados ”-disse.

A madrinha política da Frelimo vincou a necessidade de restabelecer-se a paz no País de forma que os moçambicanos possam dedicar-se às acções de desenvolvimento. Recordou que os efeitos da guerra são devastadores e podem regredir todo esforço conjunto dos moçambicanos que ajudou a alcançar os ganhos actuais que o País dispõe.

Apelou a população para continuar a trabalhar nos seus campos agrícolas, a ser calma e pacífica, porque segundo defendeu só com a paz, tranquilidade e muito trabalho os moçambicanos poderão combater os males da sociedade.

Pediu, igualmente para que a população seja vigilante a qualquer movimento de tentativa de desestabilização e ajude por intermédio de denuncias as autoridades policiais para reporem a ordem e tranquilidade públicas.

Sublinhou que se houver comportamentos estranhos que atentem a ordem a polícia tem o dever de proteger a integridade física dos cidadãos.

Alcinda, deixou mensagens de esperança de um dia as partes beligerantes encontrarem consensos conducentes a Paz efectiva no País.

De acordo com seus pronunciamentos estão em curso do lado do Governo esforços para devolver a paz, consolidação da unidade nacional e promoção de actividades encorajadoras para o desenvolvimento que se almeja.

Leia:  MOÇAMBOLA 2017: “Não se pode repetir erro do passado”